quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

O que fazer quando o celular fica molhado?

A água pode danificar, e muito, o seu dispositivo. A umidade representa perigo ao hardware, por isso, a primeira coisa é não tentar, de forma alguma, ligar o aparelho novamente. Você não vai querer mandar uma descarga elétrica para componentes internos molhados, certo? Isso fritaria os circuitos dele. Caso o aparelho tenha permanecido ligado após o “mergulho”, desligue-o o mais rápido possível, pois assim, as chances de danificar o hardware serão menores. Retire também o cartão SIM e o microSD. Dito isso, abaixo seguem alguns passos que, se realizados em tempo, poderão recuperar o smartphone afogado. Meu celular caiu na água: seque o aparelho Com o aparelho desligado, a primeira coisa a fazer é secá-lo por fora. Para isso, utilize uma toalha com boa absorção ou mesmo papel de cozinha. Na falta destes, use papel higiênico. Assim, a água que estava por fora não representará mais um perigo ao telefone quando este for desmontado.
Meu celular caiu na água: remova da bateria (se possível) O objetivo de retirar a bateria é dar espaço para a água evaporar, pois a ideia é fazer com que o telefone seque naturalmente. É importante notar que, quando o aparelho seca de forma natural, as chances de que volte a funcionar são altas.
Meu celular caiu na água: desmonte o aparelho Apesar da ideia ser de secagem natural do aparelho, podemos contribuir um pouco mais para este processo, abrindo-o com a ajuda de uma chave de fenda, retirando, assim, a parte traseira que envolve o smartphone. Importante: trata-se de abrir apenas a parte traseira do aparelho. Se você não tem experiência, não tente nada mais do que isso. Após abrí-lo, é bem possível que você encontre água sobre os componentes internos. Neste caso, utilize novamente o papel de rolo de cozinha, cuidadosamente, para absorver as gotas que permaneceram.
Meu celular caiu na água: aspire o aparelho à mão Todas as dicas neste artigo devem ser realizadas com muita cautela, pois lembre-se: o objetivo é recuperar o aparelho e não terminar de destruí-lo. Sendo assim, outra possibilidade que auxilia no processo de secagem natural do telefone é utilizar um aspirador de pó para sugar a água e a umidade de dentro do dispositivo. Porém, lembre-se de não deixar nenhum parafuso próximo à boca do aspirador ou qualquer outro objeto que possa ser sugado pelo eletrodoméstico.
Meu celular caiu na água: remova a umidade Em seguida, coloque o aparelho em um recipiente com arroz cru por cerca de 24 horas. Porém, preste atenção: coloque apenas um dos lados do aparelho em contato com o arroz. Assim, nenhum resíduo do grão vai entrar no aparelho. O arroz vai sugar a umidade, deixando o seu smartphone sequinho. È importante que o recipiente esteja fechado para que o arroz absorva a umidade do celular e não a do ambiente externo. Um bom pote neste caso seria um Tupperware ou uma vasilha fechada com plástico filme. Meu celular caiu na água: ligue o aparelho (e cruze os dedos) Depois destes cinco passos, junte todas as partes - capa traseira, parafusos, cartões e bateria - e ligue o aparelho novamente. Caso o telefone não funcione, é porque o banho que ele levou durou muito tempo e a melhor opção mesmo é levá-lo para a assistência técnica.
←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário